Sputnik
Salmão com arroz de brócolis
Salmão com arroz de brócolis
Filé de carne com alho
Filé de carne com alho
Frango com molho de queijo
Frango com molho de queijo

Curiosidades


HISTÓRIA DO PASTEL

Você sabe como foi criado o pastel?

Os deliciosos rolinhos primavera chineses. enrolados em massa de arroz, foram os precursores de nossos maravilhosos pastéis. Os jesuítas que acompanharam os navegadores portugueses ao oriente, no início do milênio, se entrosaram com os chineses, e entre outras coisas, trouxeram secretamente, a receita dos rolinhos primavera nas caravelas de regresso a Portugal, porém, eles mudaram os ingredientes e transformaram em doce feito com ovos e recheio de amêndoas. Até hoje, em Portugal, pastelaria significa doceria. Mas as monjas de Portugal deram uma ótima contribuição, criando o formato de meia lua para os pastéis.

Por volta do ano de 1980, com a criação das primeiras pensões familiares e armazéns, começou a surgir às pastelarias chinesas, que tiveram de adaptar sua receita as matérias primas disponíveis no Brasil.
A culinária chinesa, ao passar dos anos no Brasil, sofreu várias modificações para se adaptar ao paladar brasileiro, enre eles, a substituição da carne de porco (mais consumida na China), pela carne bovina.
Outra modificação é, de nós, brasileiros, gostarmos de comer mais fritura, enquanto que os chineses preferem pratos refogados. Um dos exemplos é os nossos pastéis, pois aqui no Brasil, são saboreados fritos, mas na China, o tradicional pastel não é frito, e sim cozido.
Mas os pastéis só se tornaram populares no Brasil, durante a segunda guerra mundial, quando os japoneses, que para livrar-se da discriminação existente na época, em razão da aliança japonesa com os alemães e italianos, abriram no Brasil, diversas pastelarias no intuito de se passarem por chineses. Aos poucos, foram introduzindo seus princípios de manipulação e processamento de alimentos da culinária japonesa.

No Brasil, o pastel é um dos produtos mais consumidos em todas as regiões.

Graças ao pastel, as pessoas pararam de se preocupar de onde vinha ou o que estava comendo, para somente comer, degustar, e normalmente, queimar a pontinha do nariz com o vapor quente que sai logo após a primeira mordida. O pastel é o único alimento que pode frequentar qualquer festa típica, perdendo o preconceito de qualquer recheio, e se entregando ao simples prazer de degustar um delicioso PASTEL.






Newsletter

Fique por dentro das novidades



Cadastrar Descadastrar
Apoio cultural
Prêmio

© 2011 - 2012 Bar do Adão - Todos os direitos reservados.